> Página Inicial > Arocs

Arocs usados - {{$rootScope.tsoSearchWidget.totalSearchCount}} Veículos

O Arocs da Mercedes-Benz está disponível na nossa rede TruckStore. O Arocs combina força, robustez e eficiência de uma forma extraordinária e convincente, prosseguindo uma tradição de sucesso de mais de 110 anos no âmbito dos veículos para a construção civil da Mercedes-Benz.

O Arocs foi apresentado em Munique como nova gama de modelos da marca Mercedes-Benz, em 2013. Depois do Actros para os serviços de longa distância e do Antos para os serviços de distribuição pesados, surge agora o especialista para a construção civil.

O leque de veículos concebidos em função das necessidades dos clientes neste setor de atividade tão diversificado nunca foi tão amplo. Os novos camiões basculantes, basculantes de tração integral, betoneiras, tratores semirreboque e chassis de plataforma estão disponíveis nas versões de 2, 3 e 4 eixos com 16 níveis de potência, que variam entre 175 kW (238 cv) e 460 kW (625 cv). Todos os motores cumprem, de série, a norma de emissões Euro VI.

O design inconfundível do novo Mercedes-Benz Arocs é tão invulgar como o próprio camião. O visual desenvolvido especialmente para a família de veículos para a construção civil caracteriza-se pela grelha do radiador no design de dente de escavadora. Mensagem clara: os “dentes” robustos têm a tarefa de rasgar e agarrar. Cantos em aço no para-choques, uma resistente proteção da grelha do radiador e a entrada oscilante integrada contribuem para um equilíbrio entre a forma e o funcionamento deste especialista para utilização pesada.
A nova cadeia cinemática do Arocs também estabelece parâmetros: a potência do motor é transferida, de série, através de caixas de velocidades automáticas Mercedes PowerShift 3. Para as diferentes utilizações estão disponíveis programas de condução especialmente desenvolvidos para o efeito.

No novo Arocs, os grupos de produção referem-se ao Loader e Grounder. No Arocs Loader foram introduzidas sistematicamente todas as possibilidades para reduzir o peso próprio. Como resultado conseguiram-se tratores de semirreboque 4x2 com carga útil otimizada, que se encontram entre os modelos destinados à construção civil mais leves do mercado, bem como betoneiras 8x4/4 com 32 t de peso bruto admissível que, graças a um peso próprio especialmente baixo de, no máximo, 9250 kg, têm capacidade para distribuir 8 m3 de betão a cada deslocação.

O Arocs Grounder destina-se a utilizações extremas sob condições duras. Através de uma série de medidas técnicas, este veículo está preparado, sem restrições, para as mais duras tarefas em obras, dispondo, por isso, de uma elevada resistência, estabilidade e capacidade de carga.

A eficiência do Arocs constitui igualmente uma base sólida para o seu sucesso. O baixo nível de consumo dos motores Euro VI, de série, a maior longevidade dos componentes, os reduzidos custos de reparação e de manutenção, bem como a fácil montagem das superestruturas e uma alargada oferta para quase todo o tipo de utilizações na construção civil, contribuem para a sua excelente rentabilidade.

Os camiões da Mercedes-Benz (Daimler Trucks) fazem parte do sector de camiões da Daimler AG. Este sector inclui as marcas Mercedes-Benz, Fuso, Freightliner, Western Star e Thomas Built Buses.

A Daimler tornou-se num dos maiores fabricantes de camiões do mundo. A fábrica de Wörth, Rhein, é desde 1965 o local de produção mais importante dos camiões da Mercedes-Benz. Em Wörth são fabricados, entre outros, os mais importantes modelos de camiões, nomeadamente o Actros, o Atego e o Axor, o que inclui, de forma pormenorizada, o fabrico de cabinas do condutor e a montagem do veículo.

Em 1896, foi apresentado pelos construtores e fundadores da empresa Carl Benz e Gottlieb Daimler o primeiro camião Mercedes-Benz como camião Daimler da antiga Daimler-Motoren-Gesellschaft (DMG). Até ao início da Segunda Guerra Mundial, Daimler e Benz criaram vários camiões e camiões de plataforma. Actualmente podem ainda ser admirados em museu modelos da década de 30, nomeadamente o Mercedes-Benz Lo 2000 ou o L 1500 a gasogénio.

Como primeiro fabricante, a Mercedes-Benz apresentou no ano de 2004 motores Mercedes-Benz que cumpriam as normas Euro 4 e Euro 5 relativas ao nível das emissões de gases de escape. Com vista a essa conformidade, foi introduzido nos camiões Mercedes-Benz a tecnologia SCR (Selective Catalytic Reduction). Esta tecnologia foi posteriormente adoptada pela maioria dos restantes fabricantes de camiões. O catalisador SCR faz com que, numa reacção química, os óxidos de azoto tóxicos sejam transformados em nitrogénio e vapor de água através da adição de AdBlue. Dessa forma, os gases de escape deixam de ser reduzidos exclusivamente no interior do motor, como era habitual nos motores até ao momento.

No Actros foi dada extrema importância à segurança. Por isso, não é de admirar que com a introdução do Actros tenha sido introduzido um novo sistema de segurança. O Actros estava equipado com ABS, ASR e airbag para o condutor, sistemas actualmente disponíveis na grande maioria dos camiões para o trânsito de longo curso. Além disso, foram instalados no Actros, a título opcional, sistemas de controlo de distância, de controlo de estabilidade e assistente de via e de travagem.

Ofertas Truck actuais sempre através de e-mail.
Cabe-lhe selecionar quais as ofertas a enviar-lhe e a respetiva periodicidade.

Subscrever a TruckLetter
  • Novidade do portfólio
  • Preço reduzido

Directório de camiões - listas de camiões usados